Digite abaixo o que procura:

6 dicas funcionais de como dobrar suas roupas!

6 dicas funcionais de como dobrar suas roupas!

Dobrar as roupas é uma tarefa doméstica que exige, de muitas pessoas, uma grande habilidade. É por esse motivo que os métodos de dobragem se fazem tão importantes. A grande maioria das pessoas não dobra suas roupas ou organiza o roupeiro corretamente, deixando assim, as peças largadas lá dentro de qualquer jeito.

Entretanto, a grande verdade é que fazer a dobra correta, além de otimizar o espaço, gera mais funcionalidade ao usar. Esse conceito é muito frisado no método de organização “KonMari”, da especialista em organização pessoal Marie Kondo, autora do livro “A Mágica da organização”. Se você tem dificuldades em dobrar roupas, continue lendo. Listamos 4 dicas valiosas para te ajudar nessa tarefa!

Por que dobrar a peça corretamente?

A resposta mais óbvia seria: organização. Com um armário funcional é possível visualizar e encontrar melhor as peças. Entretanto, o que muitas pessoas não sabem, é que, o fato de que dobrar incorretamente ou até mesmo não dobrar as roupas, estraga a peça.

Uma dobragem inadequada das peças, faz com que o tecido fique constantemente amarrotado. Já ao utilizar uma dobragem adequada é possível conservar melhor as roupas, preservando a malha, os elásticos, os detalhes e os botões. Quanto maior é o cuidado com a sua peça de roupa, maior será a sua durabilidade!

Tipos de roupas

A primeira dica para dobrar as peças de forma mais assertiva é reconhecer que cada tipo de peça requer dobragens diferentes. Confira:

Camisa/Camiseta

Essas peças podem ser guardadas em prateleiras ou em cabides. Utilizar uma revista por dentro, na hora de dobrar, ajuda no processo de dobragem voltado para armários. No cabide, caso o tecido seja frágil, o indicado é colocar o corpo da blusa na base e as mangas envolta da parte superior do objeto.

Peças íntimas

Como são comumente guardadas em gavetas, cuecas e calcinhas são geralmente enroladas para otimizar o espaço.

Meias

Quando as meias são armazenadas com a dobra errada, elas costumam desgastar o elástico. Por isso, o certo é colar as duas em forma de cruz e ir dobrando alternadamente as quatro partes, formando um quadrado.

Calças

Na maioria das vezes, as calças são guardadas presas, pela metade, em um cabide. Porém, elas também podem ser dobradas em método clássico. Veja a seguir os possíveis métodos de dobragem!

Quais os métodos de dobragem?

Independente do tipo de peça que você tenha em mãos, sempre existirá duas formas de fazer a dobragem: ou pelo método clássico, ou pela dobra militar. Se você ainda não sabe a diferença entre os dois, veja todos os detalhes:

Clássico

Esse método costuma deixar a peça em formato quadrado e bem compacto. É o mais utilizado pela maioria das pessoas que buscam guardar e empilhar peças em roupeiros e prateleiras.

No caso de camisas e camisetas, a dobra é feita unindo as duas mangas (longas ou curtas) em direção ao centro da peça. Depois, a blusa é dobrada ao meio, puxando a parte inferior por cima da superior, formando o quadrado.

Dobra militar

O conceito desse método é formar uma espécie de “rolo” com a peça, o que otimiza o espaço de muito armários ou malas. A dobra começa virando as mangas por cima da parte frontal da peça e dobrando a base ao meio, em direção às costas.

Depois, ambos os lados da peça devem ser dobrados igualmente em direção ao centro, formando um retângulo. Por fim, a blusa é enrolada prendendo a parte superior na abertura inferior.

Separação de roupas por categoria

Para garantir maior organização no roupeiro, muitas pessoas optam por separar as peças entre categorias. E, elas podem ser diversas! As mais comuns é a categoria que define por tipo de roupa.

Entretanto, há quem goste de um guarda-roupa padronizado, onde as peças são categorizadas por cores e tonalidades semelhantes. Outra maneira de fazer a organização é através do estilo da peça: casual, social, para festa, esportiva.

Faça seu orçamento na Sansil!

Agora que você já sabe como dobrar suas roupas de forma funcional, é importante lembrar que as etiquetas também auxiliam na conservação das peças. Na Sansil, é possível encontrar a etiqueta adequada, com as informações necessárias, para cada tipo de produto. Realize seu orçamento conosco!

Comente esse post