Digite abaixo o que procura:

Leia as etiquetas bordadas e evite os tecidos que causam alergias.

Leia as etiquetas bordadas e evite os tecidos que causam alergias

Geralmente, não é possível saber de quais tecidos é composta determinada peça roupa só de olhar para ela. Mas, existem alguns tecidos que causam alergias, coceira, desconforto e dermatites.

A pele humana funciona como uma espécie de barreira contra supostos agentes externos e desconhecidos. Quando entra em contato com esses componentes, pode sofrer reações imunológicas. Apesar de se tratar de um processo natural e de defesa do organismo, as alergias podem ser bastante desagradáveis.

Entretanto, o que poucos sabem é que é possível evitar essas alergias simplesmente escolhendo o tecido correto! E como fazer isso? Lendo as etiquetas bordadas. É através das etiquetas que obtemos conhecimento sobre a composição do tecido que estamos utilizando.

Tome cuidado com as peças novas

É muito comum que, as roupas novas, que acabaram de sair das lojas, tenham uma certa quantidade de formol em suas superfícies. A aplicação dessa substância altamente tóxica ocorre no intuito de fazer com que as peças preservem o aspecto novo e firme. Entretanto, essa pode ser uma das principais causas de ataques alérgicos relacionados às roupas.

Por isso, é muito importante sempre lavar a peça ao menos uma vez antes da primeira utilização. 

Escolha o tecido corretamente

De acordo com alergistas, tecidos sintéticos devem ser evitados pelos alérgicos. Isso porque esses tecidos não absorvem a umidade do corpo, provocando um desconforto intenso ao serem vestidos, além de possuírem toque áspero. Alguns exemplos de tecidos de causam alergias são:

  • Couro sintético
  • Acetato
  • Poliéster
  • Polivinílicos

Outra possibilidade é a alergia à certos corantes, que podem estar presentes nas roupas mais escuras e coloridas. Um bom exemplo é a parafenilenodiamina.

Sendo assim, é simples, ao comprar uma roupa nova é necessário apenas ler as etiquetas a fim de saber as texturas e  composição dos tecidos, evitando, dessa forma, as incômodas reações alérgicas.

Comente esse post