Digite abaixo o que procura:

7 dicas para organizar o guarda-roupa de maneira funcional!

7 dicas para organizar o guarda-roupa de maneira funcional!

O nosso guarda-roupa é como a nossa casa! Então, imagina querer usar uma roupa e não achar ou, então, encontrar ela amassada ou danificada? Muitas vezes, organizar o guarda-roupa é uma tarefa deixada de lado. Entretanto, a organização funcional das peças facilita a rotina, garantindo o uso adequado e sustentável das vestimentas. Além disso, está constatado que a organização proporciona sensação de bem estar. Aprenda como organizar seu guarda-roupa com essas dicas! 

Seja funcional na hora de organizar as roupas! 

Um guarda-roupa funcional é aquele que permite que todas as suas roupas sejam de fácil acesso e se mantenham preservadasDeixar tudo em ordem, classificado e limpo auxilia na sua própria orientação. Além disso, a funcionalidade é sobre saber quais peças são mais importantes na sua rotina. 

O conceito pirâmide de organização afirma que cerca de 60% do guarda-roupa é composto por peças básicas e casuais. Depois, 20% são representadas por roupas de trabalho, 10% por looks de festa e, por fim, 10% de acessórios.  

7 dicas de como organizar seu guarda-roupa!

Antes de qualquer arrumação, é importante analisar o espaço que seu oferece, fracionando de acordo com o volume e tipos de peças. Depois, siga esse passo a passo para deixar seu guarda-roupa funcional:  

1. Descarte

Anualmente, faça um desapego daquilo que você não precisa mais. Essa análise pode ser dividida em três categorias: Jogar fora, doar e guardar.  

2. Padronize 

Para facilitar a visualização, separe suas peças por tipos ou até mesmo tonalidades. Deixe blusas com blusas, com calças e aproveite dos tons para padronizar as prateleiras  

3. Peças da estação

Deixe na parte baixa do guarda-roupa as peças da estação, já que essas serão as mais utilizadas. As outras, coloque na parte superior, em caixas ou sacos com orifícios que permitam circulação de ar.  

4. Use organizadores

Caixas, divisórias de gavetas e colmeias para roupeiros são itens fundamentais. Assim, acessórios, como lenços, peças íntimas e gravatas, não ficam soltos e largados. 

5. Invista em cabides

Padronizar cabides ajuda na visualização e armazenamento. Para evitar danos, utilize modelos específicos para vestidos, roupas de festas, casacos e ternos.  

6. Pouco espaço

Faltou lugar para as calças? Coloque elas dobradas ao meio em cabides para não amassar. Os ganchos são outra dica, podendo ser colocados na lateral do roupeiro ou nas costas das portas de puxar.  

7. Higienização

Garanta que as peças estão limpas ao guardá-las. Calçados devem ser limpos com escovinha nas laterais para evitar sujeira pela casa ou no móvel. As peças de couro devem ser hidratadas periodicamente com um pano umedecido. 

Extra: Aprenda a se organizar com Marie Kondo

Autora do best seller “A magia da arrumação”, Marie Kondo é uma especialista oriental em organização pessoalConfira seus quatro passos primordiais aplicados na tarefa de guarda-roupas 

  • Categorize: Separar as peças por tipos, finalidades e cores também são defendidas pela especialista que acredita na organização como bem estar.  
  • Teste da alegria: Essa etapa dita que devemos manter somente aquilo que nos traz algum tipo de alegria e que satisfaça nossas necessidades.  
  • Agradecimento: Diferencial do método Kondo, esse momento é de agradecimento pela passagem em nossas vidas de roupas que serão doadas ou descartadas. 
  • Dobre: Para Marie, a dobra correta é fundamental para a organização. Dobrando a roupa em retângulos é possível diminuir o volume e aproveitar melhor o espaço, auxiliando também na visualização das peças.  

As etiquetas podem ajudar a se organizar!

Quer mais uma dica final – mas não menos importante? Fique atento às instruções do fabricante de suas roupas. Se o seu objetivo é preservar as peças, pense que cada uma delas é única e possui as suas peculiaridades. Por isso, leia sempre as informações trazidas na etiqueta das suas peças, principalmente daquelas que são mais delicadas.  

Comente esse post