Digite abaixo o que procura:

6 dicas para cuidar das roupas infantis!

6 dicas para cuidar das roupas infantis!

O universo infantil apresenta uma série de peculiaridades quando comparado ao do adulto. Existem muitas orientações a serem seguidos para preservar a saúde dos pequenos – e isso inclui também o cuidado com as roupas infantis. Por terem a pele mais sensível, frágil e fina, as peças de bebês e crianças pequenas exigem tratamentos especiais.  

Além das vestimentas, é importante que os cuidados incluam também roupas de cama e banho que são utilizados no dia a dia. Entretanto, esses simples macetes aderidos na rotina podem evitar complicações e ainda trazer muitos benefícios! Confira quais são eles. 

Porque cuidar das roupas infantis?

Quando nasce, o bebê inicia um longo processo de adaptação com o nosso ambiente. Leva um tempo até que se adaptem integralmente a essas condições. A sensibilidade da pele das crianças não permite que as peças sejam lavadas e armazenadas de qualquer forma. Porém, os motivos para zelar pelas vestimentas infantis vão além. Veja:  

  • Reações alérgicas

O contato direto com substâncias nocivas pode ocasionar alergias até mesmo naquelas pessoas que não são alérgicas efetivamente. Por absorver toxidades com mais facilidade, é muito comum que surjam irritações, vermelhidão e até traumas inesperados.  

  • Exposição à sujeira

Além da sensibilidade, os pequenos também costumam ficar mais expostos à sujeira, como terra, tinta e demais substâncias que afetam a qualidade das peças. Por isso, o processo de higienização precisa ser diferenciado.  

  • Conservação da peça

Além de preservar a saúde do seu bebê, todos esses cuidados ajudam a aumentar a durabilidade da roupa aderindo a conceitos de Moda Sustentável. Assim, é possível usar por mais tempo ou até mesmo doar posteriormente a roupinha para outras crianças.  

  • Economia de dinheiro 

Com todas essas dicas e preservação das peças os pais conseguem utilizar a roupa por mais tempo e reaproveitar também com outros filhos.  

  • Roupas bonitas 

O manejo correto da vestimenta evita que a peça encolha, manche ou crie bolinhas, mantendo assim as roupas infantis mais bonitas.  

6 dicas para cuidar das roupas infantis!

É possível preservar as peças e a saúde do seu filho aderindo cuidados bem práticos na nossa rotina. Veja as 6 principais dicas para tornar as roupas e utensílios dos seus filhos mais aptos para uso:  

1. Higienização da máquina

Antes de qualquer lavagem, a máquina deve estar bem limpa. A melhor forma de garantir isso é manter o filtro central sempre higienizado, evitando acúmulo de sujeiras. A cada 15 dias recomenda-se lavar a máquina com água e água sanitária no modo “Enxágue”.  

2. Lavagem delicada

As peças infantis são pequenas e confeccionadas com materiais e tecidos bem específicos. Ao lavar, escolha sempre o modo delicado de lavagem.  

3. Produtos específicos

Existem no mercado produtos apropriados para a lavagem de roupas de bebê. Eles contêm menos solventes e substâncias nocivas em sua composição. Dê preferência para eles!  

4. Usar pouco amaciante

Outra recomendação importante é quanto ao uso de amaciante. O mais indicado para a pele infantil é o sabão líquido. Entretanto, se o produto ainda for utilizado, utilize em uma dosagem menor que o habitual.  

5. Cheiros fortes

Esse é um erro comum: Não perfume demais as roupas das crianças! Substâncias e cheiros fortes tendem a causar reações. Use não só o amaciante moderadamente com o produto num borrifador na hora de passar.   

6. Armazene corretamente

Guardar a peça em locais adequados ajuda na conservação da peça e evita ácaros e mofos. Armazene em gavetas arejadas ou em cabides infantis.  

Conserve as roupas infantis por mais tempo!

Esse passo a passo é ainda uma forma de aderir aos métodos sustentáveis em nosso cotidiano. Porém, para isso, a leitura das etiquetas também é importante! Elas permitem que as peças sejam cuidadas e preservadas ao mesmo tempo. Qualquer peça trará na etiquetagem as orientações necessárias para a lavagem e secagem da roupa, facilitando todo o processo.  

Comente esse post